quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Jornalista diz que pesquisa Ibope de amanhã será o fiel da balança para o governo no RN

http://www2.ifrn.edu.br/culturapotiguar/wp-content/uploads/2014/08/vicente_serejo.jpg
Jornalista Vicente Serejo
PONTO DE VISTA

PESQUISA – I
A diferença de três pontos de maioria de Robinson sobre Henrique se confirmada amanhã pelo Ibope, não apenas joga a campanha no quadro imprevisível, como lança várias interpretações sobre a mesa.

QUEDA – II
Robinson, neste caso, teria perdido cinco pontos no espaço de uma semana, se comparados os três da Certus com o oito do Ibope. Queda substancial e capaz de neutralizar previsão matemática de vitória.

REJEIÇÃO – III
Henrique, pelo Ibope, cresce cinco pontos numa reta final mesmo diante de sua rejeição que já parece cristalizada, mas diante de uma camada de indecisos que pode decidir a campanha nas últimas horas.

RESISTE – IV
Os números, se confirmados amanhã pelo Ibope, mostrarão o efeito da pancadaria sobre a imagem de Robinson, embora este tenha resistido mantendo preferência junto ao eleitorado em todas as regiões.

NATAL – V
Apesar da vitória, no primeiro turno, por 30 mil votos, um contingente considerável, Natal continua sendo a grande incógnita da campanha. Esse voto natalense que se declarara indeciso será o decisivo.

SERÁ? – VI
Pesquisa realizada por outro instituto local teria apontado diferença considerável de Robinson sobre Henrique. A ser confirmado com a Certus, Robinson cresceu fortemente em Natal e caiu no interior.

IBOPE – VII
O Ibope, contratado pela Cabugi e divulgado amanhã, acaba sendo o fiel da balança. Serão os últimos números antes das urnas, no domingo. No empate, convenhamos, poderá ser fatal para um dos lados.

Da coluna de Vicente Serejo – Jornal de Hoje

Veja: Dilma e Lula sabiam de tudo, diz doleiro à Polícia Federal

Capa - Edição 2397


ABRINDO O JOGO

Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba.

O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:

- O Planalto sabia de tudo!
- Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.
- Lula e Dilma, respondeu o doleiro.

Fonte: Blog do Robson Pires
 

Poço Band-1 vai ser repassado para a CAERN, que vai gerenciar abastecimento em três municípios

Lideranças de Serra do Mel, Porto do Mangue e Carnaubais em Audiência na sede do INCRA
AUDIÊNCIA
Ontem, (quarta-feira, dia 22), na sede do INCRA em Natal-RN, os prefeitos Titico de Porto do Mangue, Fabinho de Serra do Mel e Junior Benevides de Carnaubais, junto com vereadores, secretários e assessores e representantes da CAERN reuniram-se em audiência com o superintendente da repartição, Vinicius Araújo, para buscar solução para o problema da água nos três municípios representados.

Na reunião, os governantes trataram da liberação do poço Ban-1, localizado no município de Porto do Mangue e gerido por Carnaubais. 

Durante a audiência, os prefeitos fizeram uma exposição da atual situação da demanda comuns enfrentadas.

Titico, novamente, sugeriu a concessão do poço para a CAERN fazer o gerenciamento dessa água e também dar a estrutura necessária para que a água atenda por completo as comunidades rurais.

Ao final da reunião realizada na sede do Incra em Natal, ficou acertado de forma consensual que será firmada uma concessão do band-1 a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Agora resta agilizar os trâmites legais.
Fonte: O Portomanguense

PR e PMDB fazem reunião ampliada em Assú

Deputado George Soares agora conta com o apoio do vice-prefeito de Assú e três vereadores do PMDB
REFORÇO
 
Na noite desta segunda-feira (20), o PMDB e o PR de Assú fizeram uma grande reunião com mais de 300 lideranças, colaboradores, vereadores, o vice prefeito Eurimar Nóbrega e o deputado estadual George Soares na cidade do Assú.

A reunião serviu para organizar as mobilizações e visitas em Assú e zona rural, montando um planejamento estratégico para aumentar a votação de Henrique Alves no município.

Para o vice-prefeito Eurimar, o grupo tem que defender o nome de Henrique para o governo, pelas suas ações em favor do desenvolvimento da cidade.

O deputado George Soares defendeu a manutenção do apoio do seu grupo ao projeto de Henrique e João Maia, reforçando as ações junto ao PMDB.

-- "Precisamos de um governo parceiro para nosso mandato e esse governo será o de Henrique e João Maia. Quero pedir o empenho de todos os nossos amigos aqui nessa reunião para somarmos nossas forças e votarmos no 15, no próximo dia 26." Finalizou George.

Assessoria de Comunicação.

A verdade sobre o segundo turno em um artigo

https://fbexternal-a.akamaihd.net/safe_image.php?d=AQD0-I8RBg5waT1j&w=484&h=253&url=http%3A%2F%2Fveja.abril.com.br%2Fv2010%2Fimg%2Fwordpress%2Ffacebook-ogimage-reinaldo-azevedo.jpg&cfs=1&sx=0&sy=1&sw=1200&sh=627
Por Reinaldo Azevedo

Os petistas estão numa euforia espantosa. Nesta quinta-feira, cantam a vitória, dão o resultado das urnas como líquido e certo, já contam, como se diz em Dois Córregos, a minha terra, com o ovo na barriga da galinha — ou na entranha da serpente. Nas redes sociais, as agressões atingem altitudes inéditas. A violência retórica toma o lugar do pensamento; a desqualificação do outro vira o principal argumento.

Numa disputa tão acirrada, a despeito do que digam os institutos de pesquisa, é cedo para comemorar. 

O primeiro turno nos ensinou, já lembrei aqui, que uma eleição só acaba quando termina, com diria Chacrinha.

O que eu lamento — e isto nada tem a ver com as minhas escolhas pessoais — é que há, sim, uma grande chance de essa eleição ser decidida pelo discurso terrorista, pelo medo, pela mentira, pela maledicência, pela má-fé.

Todos os votos são legítimos. Não existe uma consciência ideal que faça escolhas ideais. Mas é preciso repudiar a mentira, venha de onde vier; repudiar a desinformação, pouco importa a sua origem.

O Bolsa Família vai continuar; não depende da vontade do futuro presidente da República. A política de valorização do salário mínimo será mantida, não importa o nome do mandatário nos próximos quatro anos. É mentira que o governo de São Paulo tenha omitido informações sobre a crise hídrica ou que mantenha um racionamento informal.

Pior: busca-se decidir uma eleição desqualificando pessoalmente um adversário. Ignora-se de modo deliberado o que pensa para dar relevo à fofoca, à baixaria, às acusações mais sórdidas.

Governar, acreditem, pode ser mais difícil do que vencer a eleição. Qualquer que seja o presidente da República, começará o mandato em 1º de janeiro sabendo que praticamente a metade dos que compareceram às urnas escolheu outro nome. Mais: dadas as abstenções, brancos e nulos, o próximo titular da Presidência lá terá chegado com o voto da minoria, não da maioria. Assumirá legitimamente o posto, mas isso não muda o fato de que a maioria fez escolhas diversas.

A violência retórica que tomou conta da campanha, com sua indústria de mentiras, desqualificações e difamações, tornará muito difícil o trabalho do mandatário. Infelizmente, há forças políticas no Brasil — e é claro que me refiro especialmente ao PT — que ainda não aprenderam que é a existência de uma oposição ativa que justifica e legitima um governo.

Não tem jeito: os petistas acreditam que só um resultado é legítimo nas urnas: o que lhes dá a vitória. Os companheiros aceitam o pressuposto democrático, desde que vençam. Essa concepção de política já chegou ao colapso. Caso se sagre vitoriosa ainda desta vez, será por muito pouco. E será em razão do terror. Caso o PT realmente vença, terá quatro anos turbulentos pela frente. Se é que vai conseguir, nessa hipótese, chegar ao fim do mandato.

Por Reinaldo Azevedo

Certidões Negativas de Débitos serão unificadas, diz Receita Federal

DOCUMENTO ÚNICO

A partir do dia 3 de novembro, as Certidões Negativas de Débitos da Fazenda Nacional serão unificadas em um único documento, informou a Receita Federal do Brasil (RFB) nesta quarta-feira (22).

As certidões são utilizadas como prova da regularidade fiscal de todos os tributos federais, inclusive contribuições previdenciárias, tanto no âmbito da Receita Federal quanto no âmbito da Procuradoria da Fazenda Nacional.

Atualmente, o contribuinte que precisa provar sua regularidade junto ao fisco deve apresentar duas certidões: uma relativa às contribuições previdenciárias (conhecida como certidão do INSS ou certidão previdenciária), e outra relativa aos demais tributos.

A unificação das Certidões Negativas está prevista na Portaria MF 358, de 5 de setembro de 2014, alterada pela Portaria MF nº 443, de 17 de outubro de 2014.

Segundo a Receita Federal do Brasil, a partir do dia 3, se o contribuinte precisar comprovar a regularidade junta à Fazenda Nacional, ele deve apresentar uma única certidão emitida a partir dessa data.

Há também, de acordo com a Receita, a alternativa de apresentação de uma certidão previdenciária e uma outra dos demais tributos, desde que os documentos tenham sido emitidos antes do dia 3 de novembro e estejam dentro do prazo de validade.

Em caso de apenas um documento estar dentro do prazo de validade, o contribuinte deverá emitir a nova Certidão Unificada. A Receita Federal também informa que a emissão de Certidão de Regularidade Fiscal do Imóvel Rural e de Obras não sofreram quaisquer alterações.

Há três dias das eleições para presidente e governador, últimas pesquisas trazem um duplo empate técnico entre os candidados

NA MARGEM DE ERRO

Pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta quarta-feira (22) indica Dilma Rousseff, presidente e candidata à reeleição pelo PT, com vantagem nas intenções de voto para o segundo turno das eleições presidenciais diante de Aécio Neves, do PSDB. 
 
No cálculo de votos válidos, são excluídos os brancos, nulos e indecisos. E é essa a conta que a Justiça Eleitoral faz para divulgar o resultado das eleições. 

Nos votos totais, Dilma segue na frente, com 47%. Aécio tem 43%. Brancos e nulos somam 6% e 4% não soube ou não quis responder. 

Para o Governo do RN:
O BlogdoBG e a Certus publicaram nesta quarta-feira(22) mais uma pesquisa de opinião para o 2º turno no RN. A Certus Pesquisa e Consultoria foi as ruas entre 18, 19, 20 e 21 de outubro e entrevistou 1510 eleitores em todo o RN.

A pesquisa tem registro no TSE de Nº BR-01156/2014 e no TRE Nº RN-00045/2014. A Margem de erro é de 3% e o índice de confiabilidade é de 95%.

Portanto, na reta final Henrique volta a crescer e mostra que o jogo está zerado na disputa ao governo do Estado.

O Cenário na perspectiva estimulada ficou desta forma:
Certus Estimulada 2 turno


De volta...

... AO BATENTE

Após nossa participação na competição anual da OAB (postagens anteriores), e "botarmos em dia" parte das tarefas caseiras, estamos de volta com as informações no nosso blog.

Agradecemos a todos pela compreensão da ausência.
 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Seleção da OAB/RN fica em 2º no XV Campeonato Brasileiro de Futebol realizado no Rio de Janeiro

OAB/RN: Equipe vice-campeã brasileira - 2014
RIO DE JANEIRO 2014

A equipe de futebol Master da OAB Rio Grande do Norte chegou mais uma vez a final do Campeonato Brasileiro de Futebol da OAB.

Comandados pelo técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Andrey Valério, a OAB/RN perdeu a decisão para o Paraná por 2 a 0. A partida final foi uma reedição do ano passado, quando os potiguares levaram a melhor e ficaram com o título.

Após vencer Sergipe nas semi finais, a Seccional Potiguar enfrentou a OAB Paraná nas finais. O time paranaense acabou levando a melhor, vencendo a OAB/RN por 2 a 0. 

A CAMPANHA EM 2014:
Primeira Fase:
RN 1 x 1 Acre
RN 1 x 1 Espírito Santo
RN 2 x 0 Ceará
RN 3 x 1 Alagoas

Oitavas de Final:
RN 2 x 0 Paraíba

Semifinal:
RN 1 x 0 Sergipe

Final:
RN 0 x 2 Paraná

Em cinco participações no campeonato, o time potiguar levou três títulos (2010/2012/2013), um terceiro lugar (2011) e, agora, o segundo lugar.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

No Rio de Janeiro, seleção de futebol da OAB/RN passa de fase em primeiro lugar e avança para as oitavas de final

Foto do jogo de estreia.  RN 1 x 1 Acre
Foto do jogo da classificação: RN 3 x 1 Alagoas
CLASSIFICADOS

Peço licença aos amigos leitores do nosso blog, primeiro para justificar as poucas postagens nos últimos dias e segundo, para externar a nossa alegria de por mais uma vez poder participar de mais uma competição nacional, defendendo a seleção potiguar de advogados, aqui no Rio de Janeiro/RJ.

A competição
Este é o XV Campeonato Brasileiro de Futebol para Advogados.

São 20 Estados brasileiros participando da competição (Categoria Master).  

Primeira Fase:
Na primeira fase, foram 5 grupos, classificando-se apenas dois de cada grupo.  A OAB/RN, como atual Tri-campeã brasileira, ficou no grupo "B", classificando-se em primeiro lugar com a seguinte campanha, até aqui:

OAB/RN 1 x 1 OAB/AC
OAB/RN 1 x 1 OAB/ES
OAB/RN 2 x 0 OAB/CE
OAB/RN 3 x 1 OAB/AL.

Agora, que venham as oitavas de final, que terá apenas 8 equipes.  Agora não tem mais chance para eventuais "tropeços".  É vencer ou vencer.  Do contrário, podemos ir pra casa mais cedo.